Conferência Episcopal de Angola e São Tomé

ANGOLANOS NO CONGRESSO EUCARISTICO INTERNACIONAL

11-06-2012

A delegação de Angola desembarcou na tarde deste sábado e participou já na abertura do Congresso. De todas as dioceses de Angola são cercas 150 participantes, acompanhados por Dom Benedito Roberto e Dom Imbamba.  

A cerca do tema reagiu o padre Alexandre Tchicamby, da missão católica de Santo António de Pinda, no Soyo, apontando atualidade. Curiosamente a língua portuguesa não está nas apresentações. Os falantes da língua portuguesa têm que ouvir o espanhol, facto está a criar alguns constrangimentos.

Segundo o testemunho do Frei Estevão, “durante a oração universal, várias línguas pouco representativas como Ibon, uma língua nacional da Nigéria,  também foram ouvidas, mas a língua de Camões, ensinada e falada no país mais católico do mundo, o Brasil e no país mais católico da África austral, Angola, foi mesmo esquecida”.